Category

#BLOG

Category

Rosenberg argumenta que por trás de cada discussão existem necessidades que não estão a ser satisfeitas, e que nós ficaríamos muito mais felizes se lidássemos com elas e tentássemos satisfazê-las. Por exemplo, isto traduz-se em algo como mudar o discurso de “Estás sempre atrasado!” para “Eu fico furiosa porque eu gostava que estivesses comigo mais vezes do que estás”.